Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

10 figuras históricas que já apareceram nos games

Nos games, nós sempre acompanhamos aventuras épicas estreladas por personagens marcantes, que muitas vezes são inspirados em figuras históricas reais. Mas o que acontece quando essas personalidades da vida real aparecem para ajudarem a compôr a aventura que se vê na tela?

Figuras históricas aparecendo em games não são nenhuma novidade, aí está a franquia Assassin’s Creed que não nos deixa mentir. Mas isso já vem acontecendo há muito mais tempo, e nem sempre essas lendas da trajetória humana dão as caras de uma maneira muito fiel ou ortodoxa.

Nesta lista, vamos relembrar algumas dessas participações! Tem algum preferido que não está aqui? Fala pra gente nos comentários!

Imagem

Adolf Hitler (Wolfenstein 3D, Wolfenstein 2: The New Colossus)

Um dos maiores e mais notórios genocidas da história humana é Adolf Hitler, cujo levante nazista na alemanha durante o começo do século XX mergulhou o mundo na Segunda Guerra Mundial. Inevitavelmente, sua infâmia inspirou alguns games.

O mais famoso deles é a série Wolfenstein, onde o Führer faz participações. No primeiro game da série, Wolfenstein 3D, ele é o último chefe, que aparece na forma de um robô assassino gigantesco e armado até os dentes.

Ele também aparece nos jogos mais atuais da série, sendo morto pelo herói da série, B. J. Blazkowicz, durante a segunda revolução americana, um evento histórico ocorrido no universo do game.

Imagem

General Custer (Custer's Revenge)

O general George Armstrong Custer é uma grande figura militar nos Estados Unidos. Ele lutou em algumas das batalhas mais encarniçadas da história americana, como a guerra civil contra o exército confederado e e a grande guerra Sioux contra os nativo-americanos, onde ele e todo o seu exército foi derrotado e morto pela tribo Lakota.

Dito isso, é de extremo mau-gosto que ele tenha sido representado da maneira que foi no game Custer's Revenge, lançado para o Atari 2600 em 1982. Nele, os jogadores controlavam uma versão pixelizada - e ereta - do general, que precisava se esquivar de flechas para estuprar uma nativo-americana.

Gerou polêmica na época e continua gerando até hoje.

Imagem

Leonardo da Vinci (Assassin's Creed 2)

Leonardo da Vinci foi um dos seres humanos mais iluminados a caminhar pela Terra, cujos estudos em várias áreas, trabalhos de arte e invenções pavimentaram o caminho para o futuro e revolucionaram a história da humanidade como um todo.

Isso não passou despercebido nos games. Em Assassin's Creed 2, vemos Leonardo ainda jovem, ajudando a ordem dos Assassinos com suas ideias e inteligência e até mesmo melhorando o armamento do protagonista Ezio Auditore, como a lendária lâmina oculta.

Imagem

John Kennedy (Call of Duty: Black Ops)

Em Call of Duty: Black Ops, lançado em 2010 para as principais plataformas da época, os jogadores tem a oportunidade de encontrar o ex-presidente americano John F. Kennedy em uma reunião secreta no pentágono. O motivo da reunião: zumbis ameaçam tomar a Terra e você é a única esperança da humanidade.

O "modo zumbi" acabou se tornando uma das marcas registradas da série Call of Duty, no qual a história deixa de ser levada a sério em favor da diversão e da loucura, como envolver o famoso ex-presidente em uma batalha contra zumbis.

E o mais louco? Ele não é o único a aparecer. O também ex- presidente Richard Nixon, o secretário de defesa Robert McNamara e o presidente cubano Fidel Castro também estão na tal reunião, se armando para enfrentar os zumbis.



Albert Einstein (Command & Conquer: Red Alert)

A franquia de RTS Command & Conquer envolve por seu estilo de estratégia em tempo real, mas também por suas tramas malucas envolvendo personalidades históricas e crises políticas.

Em Red Alert, o professor Albert Enstein inventa uma máquina do tempo que possibilitou aos americanos matar Adolf Hitler (olha ele aí de novo!) antes de sua ascensão ao poder, criando uma linha do tempo alternativa. Mas mesmo tendo acabado com um problema, outros foram criados, levando o mundo a outra crise armada e onde Joseph Stalin é o principal inimigo a ser combatido.

Imagem

Frédéric Chopin (Eternal Sonata)

Figuras históricas do mundo da música não são muito presentes nos games, ainda mais em RPGs feitos no Japão. E é isso que torna Eternal Sonata, lançado em 2007 para o PlayStation 3 e o Xbox 360, em um jogo único.

O jogo traz uma versão bem diferente do lendário compositor e pianista polonês Frédéric Chopin, que aqui é o protagonista da história, sendo levado a um mundo fantástico em seu leito de morte. Lá, ele embarcará numa aventura baseada em acontecimentos importantes de sua vida, em uma aventura dividida em capítulos representados por suas principais composições.

Imagem

Júlio César (Shadow of Rome)

Embora não seja o protagonista de Shadow of Rome, Júlio César, o primeiro imperador de roma, tem um papel fundamental da história, que conta com outros personagens da vida real em posições de destaque.

Na trama, que se passa pouco tempo depois do assassinato do imperador, o pai do general Marco Agripa é acusado de ter participação na morte de César, e precisa se disfarçar como um gladiador e participar de combates sangrentos para descobrir a verdade. Enquanto isso, Otaviano filho adotivo de César, procura por pistas para desvendar o caso, investigando o senado romano e usando disfarces para passar despercebido.

Imagem

Mahatma Ghandi (Civilization)

O Mahatma Ghandi que o mundo conhece foi um grande líder que, adotando uma postura de não-violência, lutou pela independência da Índia e foi bem sucedido, se transformando em uma lenda.

Mas o Ghandi que vemos na série de games Civilization é o total oposto disso. Lá, ele é um líder sanguinário, que vai bombadear seu país com uma chuva de bombas atômicas assim que tiver uma chance. Para vocês terem uma ideia, era preciso atacar a Índia preventivamente para evitar um conflito nuclear envolvendo o mundo inteiro!

Esse Ghandi extremamente agressivo acabou se tornando uma piada recorrente dentro do jogo, sempre voltando em todas as suas edições.

Imagem

Gengis Khan (Age of Empires 2)

Age of Empires é mais uma série de RTS, mas ela é baseada em exércitos do passado, com campanhas baseadas em eventos históricos reais.

No segundo jogo, o jogador controla o próprio conquistador mongol Gengis Khan e seus exércitos durante sua guerra para conquistar a Eurásia, tendo todo seu arsenal à sua inteira disposição.

Outros grandes guerreiros do passado presentes no jogo são Joana D'Arc, William Wallace e o líder sarraceno Saladino.

Imagem

Cleópatra (Assassin's Creed Origins)

Fechando essa lista com mais um Assassin's Creed, temos Cleópatra, a rainha do egito, que aparece com muito destaque em Assassin's Creed: Origins como uma aliada dos assassinos.

Exilada de Alexandria e traída por seu marido Ptolomeu, a jovem rainha procura por novos aliados, que ela encontra na figura de Bayek e Aya. E é essa aliança que acaba se tornando a gênese da ordem dos assassinos.

Assim como na vida real, a Cleópatra do jogo é tenaz, ambiciosa e também ardilosa, seduzindo com palavras tanto quanto com sua beleza. Ninguém sabe o que ela realmente fará uma vez que conquistar o poder, e é com isso que Bayek se preocupa.

Fonte: Legiaodosherois

Comentários

04 Mai, 2020 - 12:58

920 Views

Comentários

Notícias