Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Nubank cria nova modalidade de investimento de baixo risco para clientes

O Nubank trouxe mais uma novidade interessante para seus clientes nessa semana. Agora, quem for titular de uma NuConta terá a possibilidade de fazer investimentos por meio do RDB (Recibo de Depósito Bancário), com liquidez diária na Nu Financeira, instituição da empresa.

O RDB é um tipo de investimento de renda fixa de baixo risco e, assim como outros tipos de investimento de renda fixa, ele também está atrelado ao CDI. Ou seja: rende uma porcentagem do CDI. Ao contrário da conta de pagamentos tradicional, cujo dinheiro fica aplicado em títulos públicos, os valores aplicados em RDB do Nubank podem ser usados pela instituição para outras finalidades – como, por exemplo, oferecer empréstimos.

Justamente por poder ser misturada ao patrimônio do Nubank, essa modalidade de depósito oferece a proteção do FGC – o Fundo Garantidor de Créditos.

"O RDB é um investimento de renda fixa de baixo risco e cujo rendimento será de 100% do CDI", explica Vitor Olivier, vice-presidente de Consumo do Nubank, "Só uma minoria dos brasileiros tem conforto em fazer investimentos mais complexos. Tanto que, apesar de ser um dos piores tipos de investimento de baixo risco no Brasil, a poupança continua sendo a opção mais óbvia para a maior parte da população. Queremos mudar isso e oferecer uma opção de investimento simples, transparente e com bom rendimento", complementa.


Em duas semanas, toda a base de usuários da NuConta terá acesso ao novo recurso. Os atuais e os novos clientes poderão ativar a opção via aplicativo para começar a utilizar os investimentos em RDB. Automaticamente, todos os valores depositados passarão a ser aplicados nesses títulos. Eles continuarão com liquidez diária e, nessa modalidade, contarão com cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até que somem R$ 250 mil.

Para aqueles que optarem por permanecer com a NuConta como está, o Nubank continuará a aplicar o saldo depositado em Títulos Públicos Federais, sem nenhuma alteração.

Fonte: Canaltech

Comentários

06 Jun, 2019 - 14:00

474 Views

Comentários