Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

CD Projekt RED promete testar seus próximos games em todas as plataformas

Preparando diversos projetos para os próximos anos, a CD Projekt RED afirma que mudou a forma como cria jogos para conseguir trabalhar de maneira mais proativa e inteligente. Em um vídeo divulgado no YouTube, a companhia afirma que, entre seus principais objetivos, está evitar voltar a cometer erros que mancharam sua imagem em um passado recente.

Segundo o CTO da desenvolvedora, Pawel Zawodny, os testes de desempenho conduzidos antes do lançamento vão ganhar uma prioridade renovada. Ele afirma que a companhia detectou o processo como "um grande risco encontrado no processo de desenvolvimento", e que a partir de agora vai levar em consideração a "estabilidade e performance" em todas as suas plataformas alvo.

A declaração é uma clara referência aos problemas enfrentados por Cyberpunk 2077 em seu lançamento no final de 2022. Enquanto game rodava bem em PCs com hardware poderosos, o mesmo não podia ser dito nos consoles de mesa — tanto o PlayStation 4 quanto o Xbox One traziam desempenhos fracos e uma quantidade generosa de bugs.



CD Projekt RED adotou nova filosofia de desenvolvimento

Para evitar que problemas semelhantes aconteçam, a desenvolvedora afirmou que mudou sua filosofia de desenvolvimento. Se antes o desempenho de seus games no PC era usado como base para processos criativos, agora ela segue a "regra do jogo sempre funcional" — em outras palavras, o desenvolvimento só vai prosseguir quando todas as plataformas que ela quer atender estiverem entregando uma performance adequada.

Após ter sido bem-sucedida em recuperar a reputação de Cyberpunk 2077, a CD Projekt RED possui uma quantidade generosa de projetos programados para o futuro. Além de estar trabalhando em um grande DLC pago para o jogo, a companhia já prepara o estabelecimento de um novo estúdio nos Estados Unidos para trabalhar em sua sequência.

A desenvolvedora também promete para este ano a versão de nova geração de The Witcher 3: Wild Hunt e a criação de uma nova trilogia da série, que terá como base a Unreal Engine 5. Para completar, ela trabalha em um jogo da franquia com elementos multiplayer e no misterioso "Projeto Hadar", que promete explorar um mundo totalmente inédito criado por ela.

Comentários

07 Out, 2022 - 15:24

Comentários

Notícias