Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Menina morre ao participar do ‘desafio do apagão’ no TikTok

Uma menina de 10 anos morreu de asfixia em Palermo, na Itália, na última quarta-feira (20). Segundo a imprensa italiana, o acidente aconteceu enquanto a jovem participava do "desafio do apagão" no TikTok.

A menina chamada Antonella colocou um cinto no pescoço com a intenção de ficar o maior tempo possível sem respirar. Então, o conteúdo registrado pelo celular depois seria publicado na rede social.

Conforme as informações, a jovem foi encontrada inconsciente pela irmã de cinco anos no banheiro de casa. Imediatamente, os pais a levaram para o hospital infantil, mas ela não sobreviveu.

Ao jornal italiano La Repubblica, os pais disseram que a outra irmã, de nove anos, foi quem explicou aos adultos sobre o "Blackout Challenge" ou "desafio do apagão". No caso, ele incentiva os jovens a interromperem a respiração até desmaiar.

"Não sabíamos de nada. Só sabia que Antonella entrava no TikTok para ver vídeos. Como imaginar essa atrocidade?", relatou o pai da menina à publicação.

O Ministério Público de Palermo abriu um inquérito por "incitação ao suicídio". O celular da vítima foi apreendido pelos investigadores que avaliarão se alguém a convidou para participar do desafio ou se ela estava gravando o vídeo para um amigo ou conhecido.

ImagemRecentemente, o TikTok mudou as regras para usuários entre 13 e 15 anos.


Mudanças de regras na plataforma

Com a repercussão da tragédia, o TikTok emitiu uma nota. Assim, a rede social com base na China se colocou à disposição das autoridades italianas e afirmou que irá "colaborar durante toda a investigação".

Há poucas semanas, a plataforma anunciou diversas mudanças com a intenção de estabelecer um ambiente seguro e saudável para os usuários entre 13 e 15 anos. Por exemplo, os perfis desse público passaram a ser privados por padrão.

Além disso, o TikTok possui uma ferramenta que permite aos pais acompanharem o comportamento de crianças e adolescentes na rede social. Bem como, os adultos podem alterar as configurações das contas dos filhos.

Fonte: Tecmundo

Comentários

26 Jan, 2021 - 13:06

693 Views

Comentários

Notícias