Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

CS GO: Jogador “Fox” é suspenso pela Gigant por incentivar violência contra mulher

Ricardo "fox" Pacheco está suspenso da equipe Vodafone Giants de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) por um mês. O caso de machismo aconteceu no último final de semana, quando o pro player jogou pela Liga Portuguesa.

Em entrevista com os narradores do torneio após a partida entre Giants e Springs, o jogador afirmou que não concordava com o comportamento do ex-Vivo Keyd – João "KILLDREAM" Ferreira e sua namorada, e disse que ela "levaria dois tapas" se fosse sua companheira.




"Kill estava ali aos berros ontem, a dizer o que estava a dizer. E a mulher dele, se fosse minha mulher, levaria dois tapas se estivesse fazendo aqueles gestos. Não gostei de certas coisas que a mulher dele estava fazendo e, como disse, se fosse minha mulher daria dois tapas e deixava em casa".

Como parte da suspensão, o jogador vai ficar sem jogar durante um mês, não poderá se inscrever em nenhum campeonato, e também não terá direito a receber salário por parte da organização nesse período. Durante o afastamento, Vasco "vsk" Santos, atual técnico da equipe, irá assumir a vaga do player.

A Giants, em seu comunicado, confirmou os comentários do jogador:




"Depois de revisar a entrevista concedida pelo noss jogador Ricardo Pacheco ‘FOX’ e verificar que no conteúdo do mesmo Ricardo proferiu comentários machistas, além de levar em conta seus mais de vinte anos de carreira profissional sem mancha, a Vodafone Giants considerou o comportamento do jogador muito grave e aplicará imediatamente a suspensão do emprego e salário por um período de um mês. Ricardo mostrou seu mais sincero arrependimento diante de todos seus companheiros e principalmente companheiras de trabalho.


Além disso, devido a punição, Fox não poderá atuar no Europe Minor, qualificatório que dá acesso ao ESL One Major Rio 2020, que acontece em maio, no Brasil, na cidade maravilhosa. Vale lembrar que o português já atuou pela SK Gaming ao lado de Gabriel "FalleN" Toledo e companhia. Com os brasileiros, ele disputou o ELEAGUE Major Atlanta 2017, onde a equipe caiu nas semifinais para a Virtus.pro; e a ECS Finals Season 2, onde o time perdeu também na semifinal para a Astralis.

Por fim, nas redes sociais, algumas pessoas concordaram com a punição e elogiaram a organização pela rápida postura. Por outro lado, uma parte do público pediu punições mais severas, visto que a fala do jogador foi muito grave. Ademais, parte do público sugeriu a demissão de fox da equipe.

Fonte: Comboinfinito

Comentários

30 Jan, 2020 - 15:49

631 Views

Comentários

Notícias