Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Como funciona o Dynamic Super Resolution das placas NVIDIA GeForce

Introdução

Com a chegada da nova série GTX 900 geração Maxwell 2.0 da NVIDIA foi introduzido um novo recurso chamado Dynamic Super Resolution (DSR) em seu painel de controle que funciona eliminando cantos e arestas proeminentes de geometria na imagem dos jogos, similar ao que outras técnicas de anti-aliasing fazem. O recurso foi estendido também a usuários da arquitetura Kepler e Fermi recentemente através de um novo driver lançado. Neste artigo, de posse de uma GTX 980 vamos inspecionar o funcionamento do DSR e seus resultados práticos além de sua performance e limitações.

Funcionamento

O DSR quando ativado permite que o driver informe para o jogo que existem resoluções mais altas do que aquela disponível em seu monitor. Isso não significa que seu monitor vai apresentar resoluções mais altas do que sua capacidade técnica, mas indica que o rendering será feito numa resolução mais alta e depois a própria GPU fará uma conversão (downsampling) para a resolução nativa da sua TV ou monitor. Desta forma, o jogo consegue ser setado em resoluções mais altas sem ficar limitado à especificação máxima do monitor. Simples né?

Imagem

Pois bem, a imagem de alta resolução internamente processada na GPU será convertida para a resolução padrão do monitor (1080p tipicamente) e depois sofrerá a aplicação de um filtro gaussiano de 16 passadas. Segundo NVIDIA, isso deixa a imagem mais bonita, além de diminuir a necessidade de se ligar filtros de anti-aliasing na imagem.

Configuração

Para configurar o efeito é bastante simples, primeiro vá ao painel do driver GeForce e siga os passos indicados nas imagens a seguir:

Imagem

Imagem

O DSR-Factors permite os seguintes níveis de resolução : 1.2x, 1.5x, 1.78x, 2x, 2.25x, 3x, e 4x. Lembrando que 4X é o nível máximo disponível, onde é usada a resolução 3840 x 2160. A opção DSR-Smoothness permite regular o nível de qualidade da imagem gerada pelo downsampling e a pixelação envolvida, o padrão é 33%. Para terminar a configuração, entre no seu jogo favorito, vá até ao combo de seleção de resoluções e verifique quais estão disponíveis para usar, lembre-se que nem todas as resoluções ligadas no DSR-Factors conseguem aparecer dentro do jogo, pois não existe uma obrigação do jogo em si de ser compatível com todas as resoluções disponibilizadas pelo DSR. Nos jogos mais recentes é comum estar disponibilizada a resolução 4K para a maioria dos jogos.

Comparativo visual

O resultado visual como em todas as técnicas de downsampling é sempre muito bom, no caso do DSR temos este mesmo tipo de qualidade no resultado final. Testei dois jogos, Thief e Watch Dogs, na imagem à esquerda não existe anti-aliasing, a central mostra anti-aliasing nativo do jogo , já a imagem da direita mostra o DSR ativado com fator 4x (resolução UHD/4K). Para analisar melhor, clique na imagem com o botão direito e a envie para uma aba exclusiva do navegador, permitindo assim dar ZOOM.

Imagem

Imagem

Pelas imagens acima fica claro que o DSR está bem funcional, permitindo esconder todas aqueles pixels indesejados da imagem. Apesar do resultado acima, nem tudo foi tão bem assim, foi percebido *shimmering* de imagens em movimento num nível mais alto, neste aspecto filtragens do tipo TXAA ou SMAA são mais eficientes.

Performance

Já que internamente o jogo é renderizado em uma resolução muito mais alta do que a disponível no monitor, aqui vamos procurar entender que tipo de impacto isso ocasiona na performance do mesmo quando o DSR está ligado. Usamos três jogos todos compatíveis com 4K e de lançamentos recentes. Com exceção de Shadow of Mordor que não tem a opção, os demais jogos desligamos o anti-aliasing mas deixamos todas as outras configurações no máximo. Para os testes usamos um Core [email protected] GHz e uma GTX 980. Seguem os resultados:

Imagem

Imagem

Imagem

Os gráficos mostram uma queda forte nos FPS ao se utilizar o nível máximo do DSR que é na resolução 4K-UHD (3840 x 2160). Na tabela abaixo isso será demonstrado percentualmente, facilitando o entendimento:

Imagem

Na média geral, usando o máximo fator 4K no DSR, a queda de performance foi de 54 pontos percentuais (p.p). Nos médios em Shadow of Mordor foi observada a maior perda de 67 p.p. Em Thief, observamos a menor perda, em torno de 42 p.p. nos médios. Em Watch Dogs foi observada uma uniformidade geral na queda, em torno de 58 p.p.

Conclusão

Certamente o recurso quando ativado afeta bastante a performance, mesmo em configurações fortes como a que testamos aqui. Em PCs mais fracos, fatores menores de DSR devem ser explorados pelos usuários até que se consiga que a relação performance versus qualidade seja satisfatória.

O shimmering" percebido pode invalidar o uso do DSR, já que opções disponíveis nos próprios jogos como TXAA e MSAA tratam melhor de eliminar este pequeno defeito em imagens em movimento. A performance usando TXAA ou MSAA termina por ser melhor do que DSR, limitando a aplicabilidade do recurso para jogos que implementam anti-aliasing nativo.

No comparativo visual o DSR mostra que pode ajudar a substituir o anti-aliasing desde que o usuário perca um tempo ajustando para o fator mais compatível com a performance do seu PC. Mas o mais importante do DSR é ser útil para jogos que não tem nenhum tipo de aliasing disponível, geralmente jogos antigos podem se beneficiar bastante deste recurso já que eles não são compatíveis com as novas técnicas de anti-aliasing das placas modernas.

No geral, o DSR é mais um recurso bem vindo à já poderosa caixinha de recursos das placas da NVIDIA. Ponto para a NVIDIA.

Fonte: Framebuffer

Comentários

02 Nov, 2014 - 15:07

8926 Views

Comentários

peplegal 05 Nov, 2014 18:45 0

.
Vixi...esta é a técnica mais VELHA que existe pra combater serrilhados !

Era o método usado nos tempos da Inquisição ! Existem vários Mods que oferecem esta filtragem para jogos antigos...inclusive meu San Andreas estava rodando desta forma (mas tive que desligar, pois ficou lento pra caramba).

As versões mais antigas do Enb-Series usava este método...mas o Boris abandonou isto e agora usa algoritmos um pouco mais eficientes para filtragem AA.

O impacto na performance é BRUTAL, por isto ela não é usada frequentemente. Imagine um jogo rodando internamente numa p.u.t.a. resolução (3840 x 2160) só pra que o Monitor possa exibir em Full HD (1920 x 1080).

Velharia com nova embalagem só pros otários achar que tá comprando "novos" recursos

Doidera !
.

Curanda 04 Nov, 2014 15:24 0

wesley pro escreveu:Cara, da diferença na qualidade da imagem, mas o gráfico do jogo fica a mesma coisa. Muda só a definição, reduz os serrilhados que quase ja não existem em 1080p+filtros que fica bem mais leve. Tipo, os números são impressionantes, realmente da um certo orgulho ver sua placa de vídeo rodando um jogo em uma resolução tão alta sem sentir o impacto. Mas sem uma tv 4k nativa, acho que prefiro me manter nos 1080p e uma taxa de fps bem mais sólida. Ainda q a perda de fps não seja tanta, eu acho que não compensa pela diferença que dá.

Exatamente meu pensamento, prefiro me manter nos 1080p até ter um display que suporte 1440 ou 2160p ...

Quanto ao lance dos jogos antigos, dá mó diferença mesmo ... quem joga emulador de PS2 sabe ... PCSX2 jogando a 1080p o FF12 fica bem bonito, enquanto no play ...

wesley pro 03 Nov, 2014 16:40 1

Cara, da diferença na qualidade da imagem, mas o gráfico do jogo fica a mesma coisa. Muda só a definição, reduz os serrilhados que quase ja não existem em 1080p+filtros que fica bem mais leve. Tipo, os números são impressionantes, realmente da um certo orgulho ver sua placa de vídeo rodando um jogo em uma resolução tão alta sem sentir o impacto. Mas sem uma tv 4k nativa, acho que prefiro me manter nos 1080p e uma taxa de fps bem mais sólida. Ainda q a perda de fps não seja tanta, eu acho que não compensa pela diferença que dá.

natao 03 Nov, 2014 12:14 1

mudou ***** nenhuma... deviam focar em fazer cenários mais destrutíveis abertos e que seja dinamico......

babeto 03 Nov, 2014 11:54 1

eu ja usava um downSampling feito manualmente aqui para 2560x1440....ai veio esse DSR, desativei o Downsampling e testei os efeitos do DSR.....conclusão:...esse DSR é bom e realmente funciona, mas um downsampling feito manualmente fica BEM melhor....a vantagem do DSR é que ele faz automaticamente,,,,

roger carvalho 03 Nov, 2014 09:55 0

juntal escreveu:isso eh Downsampling, grande novidade ...os usuários da Nvidia ta chegando no seculo 21 agora

Os usuários nVidia ? então quer dizer que esse é um recurso nativo em placas concorrentes? até onde sei isso era usado por moders de forma não oficial tanto em nVidia como amd.

shotdowm 03 Nov, 2014 00:37 1

muito bom mais uma nova...

subleonardo 03 Nov, 2014 00:11 1

Eu tenho uma GTX 770 4 GB e aguentou essas resoluções, tava preocupado mas agora vi que ficou muito da hora os meus games

juntal 02 Nov, 2014 21:26 -1

isso eh Downsampling, grande novidade ...os usuários da Nvidia ta chegando no seculo 21 agora

lfca7 02 Nov, 2014 20:30 1

Marlon018 escreveu:- olha, uma nova tecnologia!
- caramba! Não mudou quase nada os gráficos!!!
- e deixa o jogo super pesado!
- uhuuul!!!! Vamo comprá!!!!

bom é uma tecnologia nova pode evoluir e ficar melhor, mas ao meu ver se um jogo antigo que não possuir AA, e tiver uma resolução grande pode-se ativar isso ai e melhorar o serrilhado!

logansf 02 Nov, 2014 20:01 1

Ou eu não consigo ver diferença ou esse negócio é só para pesar as placas de vídeos atuais. Na boa não vi muita diferença não.

vitorbruschi 02 Nov, 2014 19:58 1

eu achei mt massa pra quem ter um pc ****

Notícias