Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Jim Ryan, CEO da Sony, está “desanimado” com as atitudes da Activision Blizzard

TODOS ESTAMOS DESANIMADOS COM ELES

Jim Ryan, CEO da Sony, está "desanimado" com as atitudes da Activision Blizzard e todos os escândalos que rondam a empresa. Conforme revelado por Jason Schreier, Jim Ryan demonstrou muita insatisfação e desanimo com as atitudes da Blizzard. De acordo com Jason, o CEO enviou uma carta em nome da Sony demonstrando a insatisfação com tudo o que ocorreu e ainda ocorre dentro da empresa. E podemos dizer que todos que se inteiram sobre o assunto demonstram a mesma insatisfação.

Jim Ryam teria escrito o seguinte: "Não fizeram o suficiente. Não fizeram o suficiente para lidar com uma cultura profundamente enraizada de discriminação e assédio". Continuando sobre carta ele disse que: "Entramos em contato com a Blizzard logo após a publicação do artigo para expressar nossa real preocupação e para perguntar como eles planejam lidar com as afirmações feitas no artigo. Não acreditamos que suas declarações resolveram a situação da forma adequada".

Enfim, ficaremos de olho para saber como a situação entre as duas empresas ficará após toda essa insatisfação.

Blizzard

Imagem

Aliás, para lembrar todo o caso, abaixo temos alguns detalhes.

Conforme relatos, a empresa permite "cultura de machismo no ambiente de trabalho". Isso, além de "pagar menos às mulheres do que aos homens. Designou mulheres para empregos de nível inferior e as promoveu em um ritmo mais lento do que os homens". No entanto, após o processo, a Blizzard fez uma declaração em que dizia que o processo incluía "descrições distorcidas e, em muitos casos, falsas do passado da Blizzard".

Entretanto, essa postura da Blizzard não agradou aos seus funcionários que emitiram uma carta. Aliás, vejam a parte da carta abaixo:

"Acreditamos que essas declarações prejudicaram nossa busca por igualdade dentro e fora de nossa indústria. Categorizar as alegações como falsas’ cria uma atmosfera que desacredita as vítimas. Também coloca dúvidas sobre a capacidade das empresas em trazer os agressores por suas ações. Além de não promoverem um ambiente seguro para as vítimas no futuro. Essas declarações deixam claro que a liderança não está colocando nossos valores em 1º lugar."

Conforme já falamos, ficaremos de olho. Aliás, não deixem nenhum crime impune!

Fonte: Bloomberg

Comentários

19 Nov, 2021 - 19:17

548 Views

Comentários

Notícias