Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Primeira atualização do Windows 11 deixa processadores AMD ainda piores

A Microsoft liberou ontem (12) as primeiras atualizações cumulativas do Windows 11 e novo patch piora ainda mais desempenho de CPUs AMD elevando as latências de cache L3 para até 31,9 ns.



De acordo com testes do site TechPowerUp, lançamento do Windows 11 dia 05 piorou o desempenho de CPUs AMD Ryzen em até 15%, fazendo com que mecanismo UEFI-CPPC2 que escolhe os núcleos mais eficientes para cada operação deixasse de funcionar, além de já ter aumentado latências de cache L3 de 10ns para 17ns.

Imagem

Imagem

A política de atualização da Microsoft para o Windows 11 é de liberar novas atualizações toda segunda terça-feira de cada mês, mas primeiros patches de emergência para abordar questões de desempenho de CPUs AMD estão previstos para semana que vem. Segundo a AMD a a Microsoft já está trabalhando nas atualizações do sistema que devem resolver tanto a questão das latências de cache L3 quanto do UEFI-CPPC2, que afeta significativamente operações single core como a maioria dos jogos, por exemplo.

Imagem

A primeira atualização chega na próxima terça-feira (19), e deve resolver o problema de latências, enquanto o patch para o sistema UEFI-CPPC2 chega na quinta-feira (21). A AMD afirmou ainda que clientes podem solicitar as atualizações com antecedência, mas muito provavelmente estava se referindo a empresas com contratos grandes ou críticos como serviços de segurança e saúde operando CPUs Threadripper ou EPYC, e não aos usuários domésticos com processadores AMD.

Os outros usuários de sistema AMD receberão as atualizações através do próprio canal de updates do Windows 11 e, como de costume, devem ser notificados que existe uma atualização crítica para o sistema.

O Windows 10 ainda receberá suporte oficial da Microsoft até outubro de 2025, e a não ser que os usuários montem sistemas com o os próximos processadores Intel Core Alder Lake-S, que supostamente terão melhor desempenho com Windows 11 devido o sistema ser melhor otimizado para CPUs com núcleos híbridos, não existem muitos motivos para ser early adopter.

Quem já fez a atualização para o Windows 11 pode através do próprio sistema de update clicar em Configurações Avançadas &rt; Recuperação para fazer o rollback para o Windows 10 e aguardar até que a maioria dos problemas iniciais esteja resolvido antes de adotar definitivamente o novo sistema. Quem fez uma instalação limpa do Windows 11 ou já limpou cache de versões anteriores irá precisar fazer uma nova instalação do Windows 10.

Fonte: Adrenaline

Comentários

14 Out, 2021 - 11:16

1196 Views

Comentários

Notícias