Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Star Wars: Cientistas desenvolvem pele artificial inspirada na mão biônica de Luke Skywalker

Em um dos momentos mais marcantes da saga Star Wars, Luke Skywalker perde sua mão em um duelo de sabres de luz contra Darth Vader, substituindo o membro por uma prótese biônica capaz de sentir estímulos externos. E aos poucos, essa tecnologia se aproxima mais de nossa realidade.

Segundo noticiado pelo site Reuters, cientistas de um laboratório em Singapura trabalham no desenvolvimento de um dispositivo chamado ACES, sigla para "Capa Eletrônica Codificada Assíncrona" em português. Trata-se de um material que, em sua atual forma, inclui 100 sensores e de penas um centímetro quadrado.

De acordo com Benjamin Tee, o ACES pode processar detalhes mais rápido que o sistema nervoso central humano, enquanto reconhece dezenas de texturas e consegue até mesmo ler em braile com uma precisão 90% maior. O objetivo é produzir uma pele artificial para que pessoas que usam próteses consigam detectar objetos, texturas, temperaturas e até mesmo dor.

Imagem

Em uma entrevista ao site, Benjamin Tee apontou que a principal inspiração por trás da nova tecnologia é a mão biônica de Luke Skywalker, vista pela primeira vez no quinto episódio da saga espacial, O Império Contra-Ataca. Ele ainda diz:

"Humanos precisam deslizar para sentirem textura, mas no caso da pele, com um único toque é possível detectar diferentes texturas e asperezas. Quando você perde o senso de toque, você essencialmente se torna dormente… e usuários de próteses encaram esse problema. Então, ao recriarmos uma versão artificial da pele para dispositivos prostéticos, eles poderão segurar uma mão e sentirem calor, sentirem sua maciez e também o quão forte estão apertando a mão."


Os cientistas também registraram patentes para pele transparente, capaz de se auto-reparar caso seja rasgada, e também de um novo material capaz de emitir luz.

Fonte: Legiaodosherois

Comentários

05 Ago, 2020 - 15:11

420 Views

Comentários