Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Racismo: Ex-editor da Marvel não vai apresentar queixa contra mulher que o denunciou falsamente

ex-editor da Marvel, Christian Cooper, não tem a intenção de apresentar uma queixa formal contra a mulher que o denunciou para a policia falsamente alguns meses atrás.

O caso ganhou grande repercussão em março quando Cooper, um homem negro, alertou uma mulher branca de que era proibido passear com cachorro sem coleira no Central Park, em Nova York. A mulher reagiu com hostilidade e ameaçou ligar para a polícia dizendo que um homem afro-americano estava ameaçando sua vida. Cooper gravou o ocorrido enquanto a mulher fazia a ligação.

Ao postar o vídeo em suas redes sociais, Cooper viu o caso viralizar. A mulher então foi demitida de seu emprego, chegou a perder a guarda do seu cachorro e será indiciada formalmente por promotores nova-iorquinos.

De acordo com o The New York Times, Cooper fez uma declaração ontem sobre o caso e disse que não pretende abrir queixa contra a mulher.

"Por um lado, ela já pagou um preço alto. Não foi suficiente para as pessoas? Trazê-la mais miséria parece um exagero", declarou Cooper.


Todo caso, é claro, foi visto como um típico exemplo do racismo institucionalizado e alimentou a indignação sobre os perigos de denunciar falsamente pessoas negras à polícia. No entanto, a decisão de Cooper de não cooperar pode apresentar alguns desafios para os promotores.

Fonte: Legiaodosherois

Comentários

09 Jul, 2020 - 14:07

584 Views

Comentários