Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Quanto o YouTube paga por mil, 100 mil e 1 milhão de visualizações?

Se você está pensando em se tornar um youtuber para ganhar uma grana extra ou até mesmo atuar profissionalmente, deve estar se perguntando quanto o YouTube paga de acordo com a quantidade de visualizações de seu conteúdo. Trazendo essa resposta, o Business Insider entrevistou várias personalidades do ramo, que contaram seus segredos.

Antes de qualquer coisa, é bom saber que, para monetizar seu canal, são necessários ao menos mil inscritos e 4 mil horas assistidas no último ano. Só então é possível aderir ao YouTube's Partner Program, que permite receber por anúncios, inscrições e financiamento coletivo (criando seu próprio clube).

Imagem

A partir disso, você pode solicitar uma avaliação para a inserção de diversos tipos de materiais publicitários, ficando a cargo da empresa liberá-los ou não. Por fim, o cálculo é baseado na taxa de CPM (custo por mil impressões), que varia dependendo de fatores que vão desde tipo de conteúdo até audiência.

E aí, preparado para começar sua jornada? Veja a variação de rendimentos, ligue sua câmera e divulgue seu canal! Os números foram informados por vários entrevistados, sendo que também não são fixos para cada um deles.

Imagem

Mil visualizações: de US$ 2 a US$ 34

Os canais analisados pela Business Insider variam de 16 mil e 1,4 milhão de inscritos, o que não determina o maior ou menor valor. Abordando diversos assuntos, 14 criadores de conteúdo responderam a entrevista.

100 mil visualizações: de US$ 500 a US$ 2,5 mil

Os criadores ressaltaram que tudo depende do conteúdo veiculado. No caso deles, a publicidade vem, principalmente, de bancos e afins, dado o público-alvo. Número de visualizações é só um dos fatores, ainda que seja realmente importante.

1 milhão de visualizações: de US$ 2 mil a US$ 4 mil dólares

Aí é estratégia pura. Um tutorial simples de uma empresa conhecida que traga muita atenção pode receber um valor bem alto, já que atrai o público. Uma grande produção pode render menos. Quatro criadores informaram esses dados.

Imagem

Estratégia é tudo

Como você percebeu, lucrar com o YouTube depende diretamente do quanto você oferece de conteúdo, do quanto ele atrai de público e do quanto as empresas responsáveis pela geração de publicidade querem investir na sua abordagem. Agora, é só fazer sua estratégia e se dedicar.

Fonte: Tecmundo

Comentários

20 Abr, 2020 - 17:37

2518 Views

Comentários

Notícias