Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

10 jogos dos anos 90 que merecem o tratamento que "Resident Evil 2" ganhou

A essa hora já vimos que não apenas o novo "Resident Evil 2" agradou os fãs da franquia como também apresentou um desempenho sólido nas vendas, superando a marca de 3 milhões de unidades vendidas já na sua primeira semana de vendas.

Mais do que esse sucesso comercial, a reimaginação do clássico de 1998 abre espaço para os jogadores sonharem. Afinal, quem não gostaria de ver games clássicos da década de 1990 passarem pelo mesmo tratamento dispensado o game de terror da Capcom, não é mesmo?

Abaixo selecionamos dez games que provavelmente ficariam fantásticos caso fossem refeitos para os consoles atuais. Confira!

Silent Hill

Imagem

Imagine só reviver Harry Mason enquanto ele explora aquela bela cidade coberta de neblina e recheada de monstros, só que com a ajuda da tecnologia disponível atualmente. Dá medo só de pensar.

Pois "Silent Hill", de 1999, foi quase um contraponto à série "Resident Evil", uma vez que se baseava em um terror mais psicológico do que em confrontos diretos - ainda que eles existissem. É uma pena que esse remake dificilmente ocorrerá, já que última tentativa de reviver a série foi enterrada pela Konami.

Resident Evil 3

Imagem

Apostar em um remake de "Resident Evil 3", diante do sucesso obtido pela versão refeita do seu antecessor, parece uma barbada. E provavelmente seja, uma vez que a Capcom já disse que "depende dos fãs" que esse jogo seja produzido.

O que tornaria ainda mais interessante refazer esse game é a presença de Nemesis, um inimigo que persegue a protagonista Jill Valentine de maneira muito mais implacável do que a forma que Mr. X fica no encalço de Leon e Claire em "Resident Evil 2". Imagine só a tensão!

Dino Crisis

Imagem

Ainda na onda dos survival horrors, temos um game de 1999. "Dino Crisis" usava a fórmula de "Resident Evil", mas em vez de zumbis e monstros, a ameaça aqui era outra: dinossauros.

Foi uma ideia inovadora e que acabou funcionando muito bem pelas próprias características dos bichos, o que fazia o jogador não saber bem se iria encontrar um rápido velociraptor pela frente ou um enorme e avassalador tiranossauro. Por ter as melhores avaliações e, de fato, ser o melhor da franquia, o primeiro jogo da série mereceria uma versão refeita.

Parasite Eve

Imagem

Em 1998, a Square era mais conhecida pela franquia "Final Fantasy" do que propriamente por outras séries, ainda que joias como "Chrono Trigger" chamassem a atenção. Isso, porém, não impediu que a empresa se aventurasse por outros estilos, como games de luta, e também criasse novas fórmulas que coubessem dentro do gênero RPG.

"Parasite Eve" se encaixa nessa segunda categoria e, ao invés de se basear em um mundo fantasioso, tem Nova York como cenário. O jogador controla uma policial chamada Aya Brea e precisa enfrentar monstros espalhados pela cidade, usando para isso um sistema de batalha que mistura ação com rodadas por turno, além de usar equipamentos realistas e que podiam ser aprimorados. Tanto pelo cenário quanto pela história, "Parasite Eve" é um game que merece ser revisitado.

Breath of Fire 3

Imagem

Quando falamos de Capcom, normalmente lembramos de games como "Street Fighter" e "Resident Evil". Nos anos 1990, no entanto, a produtora também investiu em uma série de RPG bem tradicional: "Breath of Fire".

Ainda que a história tenha um pano de fundo similar na maioria dos jogos da série, o terceiro episódio da franquia, lançado em 1998, tinha uma mistura muito agradável de personagens carismáticos, sistema de batalha simples e divertido, possibilidade de aprender habilidades ao se escolher mestres espalhados pelo mundo e, claro, criar diversas transformações diferentes para o protagonista Ryu.

Twisted Metal

Imagem

Se "Rocket League" misturou corrida com futebol, "Twisted Metal" colocava veículos armados em arenas, com jogadores enfrentando oponentes controlados pela máquina e também amigos no modo multiplayer.

Aqui, não citamos um game especificamente (ainda que o primeiro, de 1995, tenha sido o melhor avaliado da série), mas sim o potencial da série: uma versão refeita do jogo teria tudo para agradar a comunidade dos eSports.

Final Fantasy Tactics

Imagem

O que um game de estratégia em turnos tem de tão especial? Além do nome "Final Fantasy", "Tactics" foi uma ótima renovação para a série, saindo do estilo RPG mais tradicional dos games da franquia. Além disso, o mundo criado pelo jogo acabou sendo reutilizado anos depois, em "Final Fantasy XII".

Um dos principais atrativos oferecidos pelo jogo é a possibilidade de criar personagens únicos, mérito do sistema de profissões. Além disso, a história, que envolve questões políticas e diversas reviravoltas, é algo que cativa. Uma versão melhorada do jogo foi lançada em 2007 para o portátil PSP, mas nada impediria que a Square desse uma "reformada" no jogo para a atual geração.

GoldenEye 007

Imagem

Antes de qualquer coisa, é importante citar que "GoldenEye 007" foi um dos jogos que mostrou que games em primeira pessoa podiam, sim, ter sucesso nos consoles. Além disso, se tratava de um tremendo jogo.

As mecânicas de jogo, em si, eram simples, mas muito bem implementadas. O jogo, em si, envolvia mais do que tiroteios, já que cada missão contava com múltiplos objetivos. Havia também um competente modo multiplayer - com tela dividida para até quatro pessoas. Não é preciso imaginar o bem que a tecnologia atual faria para um jogo que, já em 1997, era extremamente bem feito.

Super Mario World

Imagem

Há quem considere "Super Mario World" como o melhor game de jogabilidade tradicional da franquia. Concordemos ou não, é inegável que o primeiro game da série para o Super Nintendo, lançado em 1990, é um clássico incontestável.

Seja pela jogabilidade precisa ou pela introdução de novos elementos à época - como a possibilidade de montar o dinossauro Yoshi - "Super Mario World" garantia horas e horas de diversão. O que nos faz pensar: como seria uma versão moderna deste game utilizando, por exemplo, o visual visto em games como "Donkey Kong Country: Tropical Freeze" e "New Super Mario Bros. U Deluxe"? Fantástica, provavelmente.

Metal Gear Solid

Imagem

Outra série enterrada pela Konami, "Metal Gear" deixou de ser uma franquia "cult" com o game lançado para PlayStation em 1998. Jogo de ação com visão superior e boas doses de furtividade, ele ajudou a dar o título de "gênio" para o produtor Hideo Kojima e também rendeu diversas sequências.

Neste game, específico, controlamos Solid Snake enquanto ele se infiltra na fortaleza Shadow Moses. Há diversas sequências memoráveis, como o confronto contra Revolver Ocelot e Psycho Mantis, além da jogabilidade ser precisa e desafiadora. Imagine só se a Konami decide refazer esse game com o visual de "Metal Gear Solid V"? Sabemos que é praticamente impossível, mas sonhar não custa nada, não é?

Fonte: Jogos/Uol

Comentários

11 Fev, 2019 - 23:14

5100 Views

Comentários

Notícias