Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar
9.5
Análise de de Adrenaline

RATCHET AND CLANK: RIFT APART CUMPRIU A MISSÃO?

Acredito que para a maioria, esse é o grande ponto de interesse dessa análise. Afinal de contas, o que faz o jogo ser bem de verdade não é escopo, não é gráfico ultra realista e muito menos resolução, mas sim o gameplay. E isso, meus caros, Rift Apart tem qualidade de sobra.

Imagem

Talvez a primeira comparação seja o jogo de 2016, que já tinha um ritmo muito bom. Só que em Rift Apart a velocidade e a agilidade estão ainda mais presentes. Agora você terá um shoot them up, em vários momentos, frenéticos e que exigirão mais da sua habilidade e destreza. Ratchet e Rivet tem um arsenal vasto de armas altamente poderosas e criativas, deixando para você montar diferentes tipos de estratégias. Ainda estão presentes as armas que causam efeitos de status, logo, a abordagem precisa ser bem calculada.

Algumas mecânicas ainda continuam, porém foram feitas de uma maneira um pouco mais intuitiva. Um exemplo claro é justamente a maneira de comprar e evoluir as armas. Você ainda precisa dos cristais de raritânio para evoluir; porém eles estão mais presentes, aparecem no mapa e você mais "lojas" ao longo das fases.

Vai um chefão pra viagem?

Um elemento que nesse jogo você irá se deleitar são as Boss Fights. Ratchet and Clank: Rift Apart tem muitos chefões tornando a aventura mais desafiadora, mas muito mais divertida. Você tem desde capangas robóticos a dinossauros raivosos tentando destruir tudo o que eles veem pela frente. Há fases que te colocam a frente de mais de um chefe, o que torna a coisa ainda mais interessante.

Há também uma arena, na qual você pode treinar seu personagem, sua armas, conquistar itens valiosos e enfrentar hordas tenebrosas de inimigos. Em alguns momentos desse local você precisará utilizar todo o seu arsenal, combinando armas de efeito de status, armas com poder de fogo absurdo e quem sabe pedir ajuda para aliados robóticos, que tal?

A um ponto a se destacar negativamente, a mesma coisa que ocorre no game de 2016, o controle dos veículos. Nesse game você pode controlar criaturas que tem certas habilidades como andar numa velocidade absurda, ou voar. Nessas ocasiões, principalmente no comando de voo, a Insomniac podia ter feito esses controladores com um pouco mais de carinho.

Não basta só farmar, tem que explorar um pouquinho

Imagem

Ratchet and Clank: Rift Apart tem um motivador interessante que vai fazer a sua exploração valer a pena. Agora você pode encontrar e montar diferentes armaduras. Essas roupas especiais te darão algum benefício como ter maior dano, tomar menos dano, enfim, valendo muito a pena conquistá-las. As armaduras são divididas em conjuntos e cada conjunto tem 3 partes. São eles, Botas, Torso e capacetes. Cada parte de um conjunto que você pega, o benefício aumenta, completando 3, você chega no máximo de potencia da armadura específica.

Você pode encontrar essas armaduras de diferentes maneiras, desde fendas abertas nos cenários, até encontrando de maneiras inusitadas no próprio cenário.

Você também continua indo atrás dos velhos parafusos dourados. Em Rift Apart aparecem em menor quantidade, contudo esses parafusos estão espalhados pelo cenário, muitas vezes precisando resolver puzzles, outras vezes usando uma ideia nova para a série, a sua amiga Glitch. Nesse ponto específico, você joga com uma espécie de inteligência artificial que precisa acabar com vírus de alguns locais. Você personifica essa IA e vai destruindo na bala, manualmente, essas ameaças, para assim liberar novos locais.

Outro e último artigo para coletar é o spybot. Os robozinhos escondidos que contam uma pequena história local estão espalhados pelo cenário e, em sua maioria, estão em locais secretos.

Ratchet and Clank: Rift Apart está totalmente dublado

Assim como o jogo de 2016, Ratchet and Clank: Rift Apart está 100% dublado. A dublagem está perfeita, encaixa perfeitamente nos personagens e traz um carisma todo especial para o game.

Outro ponto a ser destacado é a trilha sonora. Para esse jogo, foi convocado Mark Mothersbaugh, responsável pela trilha de Thor Ragnarok. O cara utilizou algumas técnicas de retrô futurista, que ficaram fantásticas.

Concluindo

Ratchet and Clank: Rift Apart é um jogo excelente. Tem gráficos muito bonitos, técnicas de loading de cenários muito interessantes, mas é no gameplay que ele brilha. Está com um gunplay muito mais dinâmico, potente e frenético. Batalhes e Chefes desafiadores e uma história madura. Podia ter o escopo um pouco maior, ter um controle de "veículos" melhor desenvolvido, mas tem pouquíssimos bugs e com um trilha extremamente agradável faz desse um jogo de alta qualidade.

PONTOS POSITIVOS

Gráficos bonitos

Gameplay excelente

Batalhas de chefões desafiadoras

Trilha sonora ótima

PONTOS NEGATIVOS

Podia ter aumentado um pouco o escopo e a exploração

NOTAS

NOTAS DO EDITOR

GRÁFICO

9.5

SOM

9.5

JOGABILIDADE

10

DIVERSÃO

9.5

REPLAY

8.0

EXPERIÊNCIA

9.0

Fonte: Comboinfinito

0 Comentários

08 Jun, 2021 - 16:23

348 Views

9.5

Como você avalia o ?

0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Escrever Análise

Comentários