Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar
7.6
Análise de Sonic Forces de GameHall

Crie seu avatar e junte suas força a Sonic!

Menos de dois meses após o lançamento de Sonic Mania o ouriço azul está de volta em Sonic Forces. Desenvolvido pelo Sonic Team, o game é o primeiro título da equipe desde Lost World (versão de Wii U/PC) em 2013/2015. Lançado para PC, PS4, Switch e Xbox One o jogo resgata elementos bem-sucedidos de seus antecessores acrescentando uma pitada ousada de inovação e muito conteúdo extra. Acompanhe nossa análise.

Em Sonic Forces o nosso protagonista enfrenta Eggman e seu mais novo lacaio, o Infinite. O personagem misterioso é tão forte que derrota Sonic no começo do game. Nosso herói é levado a prisão e fica desaparecido por 6 meses, tempo suficiente para que o vilão bigodudo comece a dominar o mundo.

Imagem

Knuckles, em uma de suas missões encontra um jovem aliado, apelidado de Rookie. E após descobrir uma pista indicando a localização de Sonic, ele envia o mais novo membro do time a campo para resgatar Hedgehog. Neste momento o jogador tem contato com a primeira grande novidade de Forces: o avatar. Rookie, que é na verdade você. Crie um personagem, escolhendo sexo, raça, cor, cosméticos e acessórios e se prepare para correr.

Rookie é uma novidade incrível a franquia. Embora os cosméticos sejam puramente estéticos, os acessórios e raça do animal escolhido influenciam nas habilidades e vantagens garantidas no jogador, como por exemplo, recomeçar o level com alguns anéis (raça) e ter um martelo que cria plataformas no ar (acessórios).

Imagem

Mas não é apenas com Rookie que você joga. Sonic e Classic Sonic marcam presença, como em Generations. Os dois personagens protagonizam missões solo que variam entre visão 3D e plataforma, mas também participam como apoio em levels onde Rookie é o personagem jogável.

Os níveis de Forces não são difíceis e apresentam elementos já conhecidos da franquia, por isso, jogadores experientes ou que tiveram algum contato com os jogos mais recentes não sentirão dificuldades, mesmo no modo Hard. As fases são relativamente curtas e seguem um design levemente repetitivo, o que facilita ainda mais passar para a próxima etapa.

Imagem

As missões em 3D lembram e muito a série mobile Dash, apostando em muitos trilhos e um caminho linear; já as missões em plataforma mesclam elementos dos jogos clássicos de Sonic com desafios mais sérios e dificuldade um pouco mais elevada, mas ainda sim, fáceis de superar com um pouco de atenção e paciência. Com relação aos chefões, eles existem, porém, as lutas são simples e grandes momentos são em CGs, não tendo a participação do jogador.

Os gráficos são na média. Os personagens são bem modelados, não há queda de frames ou serrilhados. Nota-se que a Sonic Team optou por um design mais simples que não comprometesse a qualidade do game, o que foi uma decisão sábia.

Imagem

A jogabilidade segue o padrão de qualidade já conhecido, com botões precisos para atender a jogabilidade dinâmica da franquia. A trilha sonora oscila entre faixas orquestradas e pop rock com direito a vocal. Já a história em si é bem simples: derrotar as bases de Eggman e salvar a terra enquanto atravessa cenários e luta com alguns inimigos. Grande parte do enredo é contato via diálogos dos personagens e apenas momentos importantes tem cenas de animação.

Sonic Forces bebe na fonte de games antecessores como Sonic Colors e Generations, aproveitando os elementos mais interessantes e acrescentando a grande novidade Rookie a série. O novo título canônico de Sonic acerta e se comunica muito bem com o seu público, o conteúdo extra também é outro fator positivo que garante mais horas de diversão para além da campanha que tem aproximadamente 5 horas de duração. Com um preço mais acessível, Forces é uma opção de jogo para se divertir em família e para se jogar em um fim de semana.

PRÓS

  1. O Avatar é uma novidade louvável
  2. Muito conteúdo e missões extras
  3. Jogar com Sonic e Classic Sonic é divertido
  4. Trilha sonora animada


CONTRAS

  1. Campanha curta
  2. Ausência de legendas em português
  3. O Quick Time Event poderia estar presente em muitos momentos onde o jogador apenas observa a cena


CONCLUSÃO

Em Sonic Forces, o Sonic Team aposta em unir os elementos que agradaram nos jogos anteriores e em trazer uma novidade de primeira, que é o Avatar "Rookie". Investiu-se mais de um lado e menos de outro, mas o produto final é de qualidade, entregando aquilo que todo fã espera de um título da franquia.

Fonte: Gamehall/Uol

0 Comentários

16 Nov, 2017 - 13:44

1150 Views

7.6

Como você avalia o Sonic Forces?

0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Escrever Análise

Comentários