Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Autor de vídeo de William Waack se pronuncia sobre vazamento

Em entrevista, o ex-funcionário da Rede Globo explica por que só divulgou o vídeo agora, quase um ano depois do episódio

O responsável por gravar e vazar o vídeo que mostra o jornalista William Waack fazendo um comentário racista é um ex-funcionário da Rede Globo e teve sua identidade revelada nesta quinta-feira.

No vídeo, o Waack aparece incomodado com o som de buzinas próximas ao local de gravação. Ele, então, comenta com o entrevistado que isso seria "coisa de preto".



Em entrevista ao site da Jovem Pan, o operador de VT Diego Rocha Pereira, de 28 anos, conta que se indignou com o comentário, feito nos bastidores de uma cobertura das eleições presidenciais dos Estados Unidos, em novembro do ano passado. Por isso, decidiu gravar com seu celular o registro feito pelas câmeras.

O vazamento do vídeo foi feito com a ajuda do designer gráfico Robson Cordeiro Ramos, 29. Os dois afirmam que o fato de o comentário ter sido feito com naturalidade e de não ter gerado qualquer reação de protesto por parte de outros membros da equipe também foi motivo de indignação.

Ao Blog de Mauricio Stycer, no UOL, Diego, que trabalhou na emissora até janeiro de 2017, também explica que só divulgou o vídeo agora, quase um ano depois, por ter tido medo de ser demitido na época.

Após a repercussão do episódio, Waack foi afastado de suas atividades da Rede Globo. Em nota, a emissora diz que "é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações" e que irá analisar o caso.

William Waack é um dos melhores jornalistas da TV brasileira, dono de uma carreira exemplar, tanto na imprensa escrita como na televisiva.

Fonte: Exame/Abril

Comentários

10 Nov, 2017 - 11:18

997 Views

Comentários