Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

EA considera parar de lançar "FIFA" anualmente; entenda

Nós já discutimos essa questão aqui: afinal, faz sentido termos uma nova versão de games como "FIFA" todo ano? Ainda que a série ganhe pequenas evoluções entre um e outro lançamento, a estrutura básica do jogo continua a mesma.

Mais do que uma questão levantada por fãs e imprensa, esse assunto começou a ser tratado pela própria EA. Durante uma entrevista para a Bloomberg, o CEO da empresa, Andrew Wilson, afirmou que, em um futuro próximo, games como "FIFA" poderão ser tratados como um serviço.

"Nós realmente podemos pensar sobre esses games como um serviço disponível por 365 dias ao ano. Uma grande mudança na indústria de entretenimento nos últimos cinco anos foi a combinação de streaming e assinatura. Isso mudou a forma como vemos TV, ouvimos músicas e lemos livros. Seria ingênuo pensar que isso não afetaria a indústria de games", diz. Ele salienta que, no caso dos games, a questão do streaming gera alguns desafios adicionais dado o tamanho dos arquivos e níveis de interação.

Sobre vender "FIFA" e outros games de esportes como "Madden" na forma de serviço, Wilson aponta que o processo de atualização também constitui em uma barreira. "Haverá um mundo no qual será cada vez mais fácil fazer alterações no código do jogo. E aí não precisaríamos fazer uma atualização anual", diz.

Por ora, o CEO da EA não dá uma previsão de quando isso pode acontecer. No momento, a empresa já trabalha com um sistemas de assinaturas de games - o EA Access no Xbox One e o Origin Access nos PCs. Trata-se de um formato que, até o momento, parece interessante para o público, que tem acesso a uma boa quantidade de jogos por uma fração do valor que pagaria em um jogo novo, e para as empresas, que garantem uma fonte constante de fundos. 

Fonte: Jogos/Uol

Comentários

09 Nov, 2017 - 11:48

1471 Views

Comentários