Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

8 fatos bizarros sobre o filme do Super Mario

Já se vão mais de duas décadas desde que o filme "Super Mario Bros." estreou em cinemas pelo mundo todo e deu popularidade à terrível maldição que games enfrentam quando migram para as telonas.

O longa-metragem de 1993, estrelado por Bob Hoskins, John Leguizamo e Dennis Hopper, até hoje é referência máxima em qualidade mínima e motivos para isso não faltam.

Listamos abaixo alguns dos fatos mais bizarros que nos incomodam até hoje. E para você? Quais são as coisas mais bizarras do filme do herói da Nintendo?

Imagem

Mario Mario e Luigi Mario

Nesta versao Mario e Luigi não são exatamente irmãos: Mario adotou Luigi ainda bebê e o criou. Naturalmente, deu a ele o próprio sobrenome, Mario. Não, não escrevi errado. O sobrenome de Mario no filme é... Mario! Ou seja, temos aqui os heróis Mario Mario e Luigi Mario. Pode se preparar que as bizarrices só começaram...

Imagem

Goombas

Um dos pontos mais controversos do longa-metragem é a representação dos Goombas, os inimigos mais comuns nos games do Super Mario. Nos jogos eles são criaturinhas pequenas, compostas basicamente por cabeça, um tronco pequeno e dois pezinhos. Na transição para as telonas eles se transformaram em capangas enormes e troncudos, com um sobretudo que não inspira lá muita higiene e... uma pequena cabecinha acima do pescoço, com traços de réptil e um jeitão bem bocó.

Imagem

Botas de super pulo

Mario e Luigi são famosos nos games pelos pulos altos, algo que, olha só que raridade, apareceu nos filmes direitinho! Ou quase. Em vez de ser uma habilidade natural dos encanadores, no longa eles conseguem pular alto graças a botas mecânicas que os impulsionam. Bizarro, mas muito maneiro!

Imagem

Princesa Daisy

Sabe-se lá por qual motivo, a princesa em destaque no filme não é Peach (na época mais conhecida como Toadstool). No lugar dela temos Daisy, a princesa do reino de Sarasaland, de "Super Mario Land", do Game Boy. Na real, no começo da história ela nem sabe ainda que é uma princesa e aparece como uma arqueóloga. Interpretada por Samantha Mathis, ela eventualmente descobre que é descendente de uma linhagem de dinossauros que evoluiu e ficou com aparência humana. BÔNUS: ela nasceu de um ovo de dinossauro!

Imagem

Yoshi

Ainda que de forma bem distorcida, o filme do Super Mario até que faz um bom trabalho de mostrar várias figuras conhecidas do universo do personagem. Um deles é o dinossauro Yoshi que, sim, continua sendo apenas um dino. Com um visual BEM realista. Ficou parecendo um filhotinho dos velociraptors de "Jurassic Park".

Imagem

Super Scope

Muito se fala sobre como a Nintendo é uma empresa familiar, que só faz jogos para crianças e tudo mais, mas olha só: uma das armas mostradas é a bazuca Super Scope, acessório lançado para o Super Nintendo no início dos anos 90. Ela funcionou em alguns poucos jogos, como "Yoshi's Safari" e "T2: The Arcade Game".

Imagem

Bob Hoskins

Quando começou a gravar o filme, o ator Bob Hoskins (que era 'só' o protagonista Mario Mario), não tinha a menor ideia de que ele era baseado em jogos de videogame. Ele só foi descobrir isso quando mencionou em casa qual filme que estava gravando e os filhos ficaram super empolgados e mostraram para ele o jogo. Em 2011, ele disse ao The Guardian que o filme foi o pior trabalho que ele fez na vida.

Imagem

Sequência?

Há momentos em que devemos encarar a vida com otimismo e energias positivas. Esse deve ter sido o pensamento de boa parte dos roteiristas e produtores de "Super Mario Brothers", já que o filme termina com um gancho para uma eventual sequência que (felizmente) nunca existiu. Mario Mario e Luigi Mario derrotaram o malvado rei Koopa e tudo está em paz no Brooklyn até que Daisy aparece no apartamento dos irmãos com uma arma e dizendo que apareceu um problemão e ela precisa da ajuda deles. Fim. Para nossa sorte, fim mesmo.

Fonte: Jogos/Uol

Comentários

12 Set, 2017 - 11:20

1644 Views

Comentários