Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Nem mesmo uma GTX 1080 TI será suficiente para rodar FF XV no ultra em 4k/60FPS

Final Fantasy XV: Windows Edition foi um os maiores anúncios da Gamescom 2017. Com seu lançamento para o início de 2018, o jogo está impressionante e apresentará várias melhorias visuais em relação aos consoles, incluindo texturas 4K e vários efeitos provinientes do NVIDIA GameWorks (como HFTS, VXAO, Turf, Flow e HairWorks).

E como esperado, executar todas essas melhorias requer um custo de desempenho imenso. Falando com à PC Gamer, o diretor, Hajime Tabata, confirmou que nem mesmo a poderosa GeForce GTX 1080 Ti da NVIDIA poderá rodar Final Fantasy XV: Windows Edition em 4K nativo e 60FPS.

Citação: Sustentar 60fps será possível, mas se formos olhar as especificações que você precisará para alcançar esse nível com 4K nativo, HDR e tendo um bom 60fps... Por exemplo mesmo a máquina que temos aqui não é capaz de fazer tal feito no momento. Nem com uma GTX 1080 Ti foi possível manter os 60 frames.


Caso você já esteja pensando que adicionar uma segunda GTX 1080 Ti resolverá... Tabata explicou que talvez isso não solucione o problema.

Citação: Bem, mesmo com mais de uma placa, haverá o carregamento do frame anterior no qual acarretará em um pouco de atraso. Significa que não será um 60FPS adequado. Para se ter um 60FPS realmente suave, você precisará de mais poder que isso.

Todas as simulações de física também precisam ser atualizadas à cada frame... Se tu tiver duas placas em SLI, haverá um pouco de atraso no envio de dados entre as duas fazendo com que se torne inviável.


A única solução então, será reduzir pelo menos algumas configurações, caso seu objetivo seja jogar à 60FPS na resolução 4K nativa.

Com certeza as futuras GPUs poderão muito bem ser capazes de rodar Final Fantasy XV: Windows Edition (que também suportará o Dolby Atmos e um novo modo de câmera em primeira pessoa) em toda sua gloria sem nenhum empecilho.

Olhando pelo lado bom, Tabata também menciona que esse port em particular pode abrir caminho para lançamentos futuros de outros Final Fantasy mais atualizados no PC.

Citação: Se a minha equipe fosse responsável pelo próximo Final Fantasy, provavelmente faríamos o desenvolvimento baseado na arquitetura de um PC de alto nível... Acho que é algo que faríamos. Mas, olhando para o futuro, dá pra considerar até jogos baseados na nuvem... A resposta vai depender do quão longe olharmos.

Acho que essa pra gente é uma ótima oportunidade para demonstrar para o mercado do PC que esse Final Fantasy está comprometido com seu mercado e seus jogadores.

Estamos caindo de cabeça nesse desafio, e seria ótimo ter algum feedback ou reação dos jogadores para que possamos entender o que as pessoas esperam em relação ao nosso jogo.


Traduzido por Alves_TR.

Fonte: Wccftech

Comentários

26 Ago, 2017 - 17:33

7292 Views

Comentários