Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Jogadores profissionais de CS:GO reclamam de CPU Core i5 fraca em PCs de competição

Logo antes do início do importante torneio de Counter-Strike PGL Major começar em Cracóvia, na Polônia, os jogadores estão sofrendo com a potência das máquinas fornecidas para eles.

A principal reclamação está para os processadores utilizados na competição, que segundo os cyber-atletas são Intel Core-i5 de gerações passadas. "Por mais que seja um i5, não é um i5 bom de última geração", bradou Marcelo "coldzera" David, brasileiro da SK Gaming.



Em cada máquina está uma placa de vídeo Nvidia GeForce GTX 1080, mais do que o suficiente para lidar com o jogo, mas que está sendo "gargalada" pelo processador.

De acordo com o site ESPN, os profissionais de Counter-Strike costumam rodar o jogo a mais de 300 frames por segundo. Porém, nos computadores do PGL Major, o game estaria alcançando médias de 150 a 230 fps.



Mesmo que isso seja mais do que um monitor de 144 hz possa exibir, essas flutuações na recepção dos comandos podem ser problemáticas no jogo de mais alto nível.

Outros jogadores também deram suas opiniões sobre os computadores. Nikola "NiKo" Kovač, jogador do FaZe Clan, disse que "os PC são uma grande m**** aqui". Gabriel "FalleN" Toledo logo o respondeu, dizendo que é um major, e portanto os "esperava 300 [quadros por segundo] caindo para 299 [fps] às vezes".



O PGL Major de Cracóvia vai começar no domingo, dia 16 de julho de 2017. 16 equipes disputam uma premiação de US$ 1 milhão (R$ 3,1 milhões).

Fonte: Adrenaline/Uol

Comentários

14 Jul, 2017 - 23:57

11229 Views

Comentários