Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Facebook deve anunciar headset de realidade virtual “barato” ainda neste ano

A realidade virtual é legal e tudo o mais, mas ela não vai se tornar realmente popular até que a) seja acessível; e b) não exija um computador voltado para games que custa mais de US$ 1.000. Mas parece que o Facebook está tentando novamente colocar a realidade virtual na moda.

O Facebook vai criar um novo headset de realidade virtual Oculus que não apenas é vendido separadamente, mas também é barato, de acordo com a Bloomberg. O novo headset, chamado de "Pacific", deve ser anunciado no fim de 2017 por apenas US$ 200 (cerca de R$ 640 na cotação atual). Ele chegaria em 2018.

O novo headset vai, supostamente, fazer muitas das mesmas coisas que a versão atual faz, mas, baseado no preço, pode ser um dispositivo de menor qualidade. Então vai ser mais uma alternativa para o Rift — não seu substituto. O Pacific vai ser mais como o Gear VR, da Samsung, mas sem a exigência de um smartphone para funcionar. Ele vai conseguir executar jogos imersivos, mostrar conteúdo em vídeo e rodar os experimentos de rede social esquisitos do Facebook.

"Não temos um produto para revelar no momento, no entanto, podemos confirmar que estamos fazendo vários investimentos tecnológicos significativos na categoria de realidade virtual sozinha", disse um porta-voz do Facebook ao Gizmodo. "Essa é uma adição ao nosso comprometimento com produtos de realidade virtual de ponta, como o Oculus Rift, e produtos de telefones móveis, como o Gear VR."

Os designs e as funcionalidades ainda não foram finalizados, mas as fontes da Bloomberg suspostamente disseram que ele parecerá com uma versão mais compacta do Rift e que será mais leve que o Samsung Gear VR. Ele também virá com um controle remoto para navegar pela interface de usuário.

O Pacific não será tão potente quanto o Rift e não vai incluir rastreamento posicional, o que significa que o dispositivo não vai conseguir reconhecer onde seu usuário está em questão de espaço.

O Facebook também estaria criando protótipos de uma versão wireless do produto de ponta Oculus Rift. Esse dispositivo tem o codinome de "Santa Cru" e soa como o já existente Rift, mas sem a necessidade de um computador caro.

Ainda não existe preço disponível para o headset Santa Cruz, mas ele com certeza vai custar mais do que o atual Rift, que normalmente custa US$ 600 (aproximadamente R$ 1.925 na cotação atual); o Facebook cortou o preço para US$ 400 (R$ 1.284) para o verão do hemisfério norte.

Se o Facebook conseguir produzir um headset VR barato e de qualidade decente, que não exija um smartphone ou um computador, ele pode ganhar uma vantagem competitiva sobre as outras empresas que estão produzindo headsets de realidade virtual. Só para esclarecer: experiências baratas e decentes em realidade virtual não existem atualmente. Parece que o Facebook está tentando resolver dois dos mais frustrantes problemas da realidade virtual de uma só vez.

O Facebook atualmente está em quarto lugar no mercado de VR. A Samsung está na liderança, de acordo com a International Data Corporation. A Sony e a HTC são a segunda e a terceira colocadas, respectivamentes.

[Bloomberg]

Imagem do topo: Oculus

Fonte: Gizmodo/Uol

Comentários

14 Jul, 2017 - 08:29

290 Views

Comentários