Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

SpaceX planeja voltar a lançar foguetes na próxima semana

O ano novo traz novos começos e para a SpaceX isso significa retornar aos lançamentos, depois de cinco meses. Depois de determinar oficialmente a causa da terrível "anomalia" no foguete Falcon 9 que explodiu em 1º de setembro em Cape Canaveral, a companhia está mirando no dia 8 de janeiro para realizar seu primeiro lançamento de 2017.

A SpaceX não enviou nenhum foguete ao espaço desde que um Falcon 9 carregado com um satélite de internet avaliado em US$ 95 milhões explodiu, levando consigo parte da plataforma de lançamento 40 em Cabo Canaveral. A companhia passou meses investigando a anomalia com a supervisão da Administração Federal de Aviação doa EUA. Hoje, a foram divulgados os últimos detalhes sobre o que deu errado – e com isso, a expectativa de colocar o incidente no passado.

Como o Gizmodo apontou antes, a falha do Falcon 9 em setembro estava ligada uma brecha no sistema de hélio no compartimento de oxigênio líquido do foguete. Especificamente, um dos "veículos de sobreposição sob pressão" do segundo estágio, que são utilizados para manter a pressão no tanque, aparentemente falhou depois que o oxigênio acumulou entre o forro de alumínio interior e uma sobreposição de carbono. "Quando pressurizado, o oxigênio reunido nesta fivela pode ficar preso; dessa forma, a quebra de fibras ou fricção pode inflamar o oxigênio na sobreposição, fazendo com que o veículo de sobreposição sob pressão falhe", escreveu a SpaceX em seu site.

A empresa informa que está tomando ações corretivas para lidar com "todas as causas credíveis [de falha] e se concentrando em mudanças que evitem as condições que levaram a essas causas".

Tendo concluído a investigação do que Elon Musk descreveu como "a falha mais difícil e complexa" da SpaceX até agora, a companhia está mirando o retorno na próxima semana. A próxima carga de lançamento, uma frota de satélites de comunicação da Iridium NEXT, está programada para sair da Base da Força Aérea Vandenberg na Califórnia, no dia 8 de janeiro.

Pouco depois, espera-se que a SpaceX comece a utilizar o histórico complexo de lançamento 39A do Kennedy Space Center, local dos lançamentos das missões Apollo e Space Shuttle. A plataforma, que a NASA cedeu à SpaceX em 2014, estava originalmente programada para os lançamentos tripulados do Falcon 9 e Falcon Heavy. Mas durante o ano passado, a companhia vinha indicando que a 39A seria utilizada mais rapidamente, com lançamentos não tripulados. Até o fim de 2017, a SpaceX deve contar com quatro plataformas – Kennedy, Cape Canaveral, Vandenberg e um novo local no sul do Texas.

[SpaceX]

Imagem do topo: Foguete Falcon 9 sendo levado para a plataforma na Base da Força Aérea de Vandenberg na Califórnia, em janeiro de 2016. Créditos: SpaceX.

Fonte: Gizmodo/Uol

Comentários

03 Jan, 2017 - 16:35

840 Views

Comentários

Notícias