Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Estado dos EUA quer bloquear acesso a pornografia em computadores novos

O estado norte-americano da Carolina do Sul está discutindo uma lei que, se for aprovada, deve dificultar bastante o acesso a conteúdos pornográficos. O deputado Bill Chumley propôs um projeto que exige que fabricantes coloquem "capacidades de bloqueio digital" em computadores novos, com o objetivo de evitar o acesso a sites adultos.

A lei proposta por Chumley exigiria que as fabricantes pagassem US$ 20 (R$ 67) para não ter que instalar o software de proteção — mesmo valor que os consumidores teriam que desembolsar caso quisessem se livrar da limitação (contanto que eles provem que têm mais de 18 anos). O dinheiro coletado a partir dessa taxa seria revertido a uma força-tarefa dedicada a combater o tráfico humano.

A própria natureza da tarefa deve tornar bastante difícil que ela seja aprovada — afinal, isso faria com que fabricantes essencialmente instalassem ransonwares em seus produtos. A lei proposta também não deixa claro se a limitação se aplicaria somente aos gadgets produzidos na Carolina da Sul ou se ela deveria ser expandida a qualquer produto vendido no local, só para citar uma das dificuldades burocráticas.

Aos 69 anos de idade, o republicano Chumley é conhecido por propor leis um tanto inusitadas. No passado, ele apresentou uma proposta que permitia que pessoas pudessem entrar armadas em eventos esportivos, uma lei que evitaria que tribunais "cumprissem leis estrangeiras" e outra que declarava 26 de março como o "Dia da Independência da Carolina do Sul".

Fonte: Tecmundo

Comentários

20 Dez, 2016 - 17:51

1086 Views

Comentários

Notícias