Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

FBI declara guerra ao grupo Anonymous



Depois de revistar a casa do porta-voz do Anonymous, o FBI agora declara guerra contra o grupo todo. De acordo com documentos obtidos pelo site BuzzFeed, os agentes estão atrás de informações sobre Barret Brown envolvendo uma "conspiração para acessar computadores sem autorização" — esta é uma de três acusações listadas no arquivo do FBI.

Twitter, IRC, registros de chat, informações do Pastebin, telefone celular e todas as informações online de Brown estão sob investigação. O porta-voz do Anonymous se defende dizendo que está sendo investigado sem qualquer necessidade. "Suspeito que o FBI está trabalhando com informações incorretas", declarou o jornalista em e-mail ao BuzzFeed.

Imagem

Além disso, os registros exclusivos do site BuzzFeed revelam que o FBI está primeiramente em busca de detalhes aprofundados sobre os grupos Anonymous e LulzSec. Outras informações citadas são referentes às empresas HBGary e EndGame Systems, companhias criticadas por Brown em seu site Echelon2.

Fonte: Tecmundo

Comentários

28 Abr, 2012 - 19:18

954 Views

Comentários

Etron 30 Abr, 2012 19:17 0

Pronto.. começou 3ª guerra mundial na era digital

iwanh 30 Abr, 2012 09:17 2

FBI quer dizer==Federação dos Baixinhos Invocados americanos lixos do inferno

bandaSG 29 Abr, 2012 11:56 4

FBI é um bando de inuteis, que em vez de procurar os maiores traficantes do mundo, procura um grupo que procura a liberdade de acesso!
ISSO É UM ABSURDO!

ToLoveRu 28 Abr, 2012 23:41 0

Hoje em dia tem que ser muito bom para conseguir esconder algo por debaixo dos panos.

Para mim, essa intriga entre anonymous e FBI já é realidade.

Agora, ficar se descabelando por causa disso, já é demonstrar fraqueza.

betao995 28 Abr, 2012 19:36 4

Não quero ir contra a notícia ou a "veracidade" dos fatos, mas não consigo acreditar em nada que venha de Anonymous e FBI ou coisas de governo e etc. Tem alguma coisa por trás dos panos e mesmo que mostrem a "verdade" eu vou continuar sem acreditar... bem... é a minha opinião e sei que não é a de todos.