Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar

Momento nostalgia: Top 10 melhores jogos para Ps3

10 - Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots

Sim, 2008, mais propriamente a meados do mesmo ano, ainda a largos meses de comprar a minha PS3. Como fã da série Metal Gear, Guns of the Patriots parecia ser a segunda vinda de Cristo, só que mais espampanante e com uma história ainda mais confusa, mas também o final ideal para a série. Ainda que esteja longe de ser perfeito, com erros que teimam em ser esquecidos pela maioria dos fãs, é impossível pensarmos nesta geração sem deambularmos pela árdua batalha de Snake contra os Patriots, naquele que é o melhor e pior filme produzido e realizado por Hideo Kojima.

9 - Heavy Rain

Imagem

Com certeza é uma vontade ambiciosa e, na maioria das vezes, Cage consegue o que pretende. Há alguns tropeços na execução, mas "Heavy Rain" se mostra impecável na maneira em que aproxima o jogador de seus personagens principais. A narrativa é fragmentada pelos pontos de vista de seus protagonistas, o arquiteto Ethan Mars, a fotógrafa Madison Page, o agente do FBI Norman Jayden e o investigador particular Scott Shelby. Todos, por motivações variadas, estão à procura de pistas que levem ao maníaco conhecido como Assassino do Origami, que ataca garotos durante temporadas de fortes chuvas.

8 - Killzone 3

Imagem

Ainda hoje não consigo compreender o fascínio em redor de Killzone e da sua primeira sequela, especialmente no que toca à história e à jogabilidade quase mecânica e enferrujada que caracterizava a série. Quando joguei Killzone 3, consegui finalmente juntar as peças e aperceber-me que é uma das melhores séries da Sony, ainda que mal explorada. O terceiro título é tudo aquilo que Killzone 2 deveria ter sido se a Guerrilla Games não tivesse decidido jogar pelo seguro. Mais focado, variado, extenso e intuitivo, Killzone 3 é o melhor jogo da série

7 - Uncharted 2 – Among Thieves

Imagem

Uncharted 2 foi lançado em 2009 pela Naughty Dog fazendo história nos games. Nunca um jogo recebeu nota acima da máxima 21/20 pela revista oficial da Playstation. Inclusive foi eleito pelos leitores como um dos melhores de todos os tempos, ganhou também quase todos os prêmios do ano. Enfim, precisa dizer que é um jogo imperdível? Vale lembrar que é exclusivo para PS3.

6 – Ratchet & Clank: A Crack in Time

Imagem

A Crack in Time é o aperfeiçoamento de uma série que tem surpreendido constantemente com a sua mistura entre acção e plataformas, e na sua exploração de um universo vivo e repleto de humor. Nesta sequela, que continua a história de Tools of Destructions, os riscos são ainda mais elevados e a narrativa aventura-se através de novas personagens e mundos que realçam o universo em que se inserem. Ratchet e Clank continuam a ser a melhor dupla de heróis no género, ainda mais agora, que Jak e Daxter se mantêm adormecidos.

5 – inFAMOUS 2

Imagem

A minha relação de amor-ódio com jogos open-world não é só épica como desconfortavelmente constante, naquela que considero ser a batalha mais enervante da minha vida como jogador. Ainda que continue a encontrar problemas graves dentro do género, poucos são os jogos que me conseguem manter entretidos e focados durante a maioria da sua campanha. Por mais que possa chocar alguns fãs, inFAMOUS 2 foi um jogo que não só me divertiu como me fez olhar com mais atenção para o género em si e alargar a minha compreensão do "mundo aberto". Ou então foi porque posso lançar um tornado contra os meus inimigos. Se calhar foi mais isso.

4 – Demon’s Souls

Imagem

Podia repetir a minha pequena rábula sobre o amor e ódio e estendê-la até ao RPG da From Software, mas seria fútil. Com Demon’s Souls só existe ódio e o jogo odeia-nos com uma paixão tão intensa que nos dá estalos até quando desligamos a consola. Mas é esse o seu poder e o cerne da sua jogabilidade visceral: é impossível largarmos o comando e darmo-nos por vencidos. O seu equilíbrio entre "desafio e recompensa" está tão bem estruturado que torna toda a sua experiência numa constante luta que não conseguimos evitar. Difícil e verdadeiramente assustador, Demon’s Souls revolucionou a forma como olhamos para os nossos RPG e como a dificuldade pode ser utilizada para impulsionar a nossa experiência.

3 – Uncharted 3: Drake’s Deception

Imagem

Muitos dizem que só gosto da série Uncharted por ser péssimo a jogar Tomb Raider (1996) e querer ser secretamente um arqueólogo sem necessitar de me sujar. Mas eu olho para eles e rio-me, rio-me pela sua ignorância e falta de conhecimento. Depois choro, porque realmente nunca vi ninguém jogar tão mal Tomb Raider como eu. Uncharted 3 é o final perfeito para a série na PS3, uma aventura que consegue equilibrar a exploração e fascínio do primeiro jogo com a acção e momentos coreografados da sequela. Drake’s Deception é o melhor jogo da série e o título que mais me divertiu através das suas personagens e mecânicas

2 – God of War III

Imagem

Poucos jogos conseguem criar momentos tão grandiosos e impressionantes como a série God of War e o terceiro título não só eleva a fasquia como a atira para a estratosfera. Naquele que é, quase indiscutivelmente, o melhor início de um jogo desta geração, o massacre de Kratos mantém a jogabilidade típica da série, mas expande algumas das suas mecânicas ao aperfeiçoar ligeiramente a sua jogabilidade.

Ainda que a história se perca no meio da violência e do espectáculo visual, e que o ritmo não recupere o ímpeto da sua primeira hora, God of War III é um dos melhores jogos de acção desta geração.



1 – The Last of Us

Imagem

Para uma viagem que começou em 2008, acabamos quase no presente, mais propriamente em 2013. The Last of Us é possivelmente o título mais importante desta geração, um jogo que ambiciona e que culmina todas as novas vertentes da indústria dos videojogos numa história tão próxima do Cinema que quase apaga a linha, cada vez mais ténue, que separa as duas artes. A viagem de Joel e Ellie é um marco nas narrativas para videojogos e uma experiência que não pode ser perdida por ninguém, sejam ou não fãs da Sony ou deste género. The Last of Us e o seu final abriram caminho para a nova geração de consolas e para uma maior consciencialização no que toca ao desenvolvimento de uma história.

Fonte: Revistapushstart

Comentários

18 Set, 2014 - 17:09

5073 Views

Comentários

Fabricio Santos 19 Set, 2014 17:03 1

falador_de_verdades escreveu:Tirando Demon's Souls o resto é dispensável...

Se bem que Dark Souls é bem melhor que o Demon, logo todos são dispensáveis...

Digo o mesmo da sua resposta algum dia vou ver uma que presta ...
Não chega a ser nostalgia todos os jogos são belos cada um com seu próprio estilo... Pra mim seria difícil montar uma lista de melhores em qualquer console, vc sempre acaba esquecendo e sendo injusto com algum jogo...

mariobroz22 19 Set, 2014 08:45 2

The last of US mostrou para capcom o que é jogo de zumbi estiloso !!!

Voddy_D_Hunter 18 Set, 2014 22:41 2

já tem uns 10 anos que o PS3 deixou de ser a geração atual pra ter uma lista nostalgica?

WiLlSmArK 18 Set, 2014 21:45 3

esse momento nostalgia ta bem recente

RodrigoRico 18 Set, 2014 21:42 -1

Deixar o Gran Turismo 5 de fora? Colocar o MGS4 em 10º lugar? MGS4 é top 5...

falador_de_verdades 18 Set, 2014 19:53 -4

Tirando Demon's Souls o resto é dispensável...

Se bem que Dark Souls é bem melhor que o Demon, logo todos são dispensáveis...

P3t3r 18 Set, 2014 19:05 -2

Mais uma lista bem "furada" por sinal, cade o Jorney, Metal Gear Solid 4, Little Big Planet, Resistançe 2, Heavenly Sword, Motor Storm entre outros !!

Assim fica dificil né, essa ja e s segunda lista de jogos de consoles que ta incompleta !!


True Story!

spaizer 18 Set, 2014 17:48 0

até jogo que nunca foi lançado ta nessa lista, pqp kkkkkkkkkkkk
O que esperar tb de com o titulo de nostalgia de ps3, um console ainda tão recente comparado aos jogos de play1 pra tras, aquilo sim causa nostalgia

eduardoloucero 18 Set, 2014 17:45 0

the last guardian nunca foi lançado.

TonyStark117 18 Set, 2014 17:32 1

Ta faltando o sétimo jogo

ServantOfGod 18 Set, 2014 17:30 1

BEYOND TWO SOULS PODERIA ESTAR NESTA LISTA, NÃO???