Baixe agora o app da Tribo Gamer Disponível na Google Play
Instalar
9.6
Análise de Injustice 2 de BaixakiJogos

Injustice 2



O grande trunfo: jogabilidade acessível e divertida

A NetherRealm conseguiu algo muito difícil e louvável: conciliou mecânicas de luta que são convidativas a novatos e desafiadoras para veteranos. Se você for ruim no gênero, ainda vai se divertir com super-heróis de primeira utilizando golpes especiais, mas, se for bom, poderá passar horas nos tutoriais e modo online realizando combos bem complexos. Trata-se de um game com diferentes camadas de aprendizagem e experiências distintas para cada quantidade de tempo investido.

História fenomenal e digna de HQs de peso

A história do jogo é simplesmente incrível, bem contada e fechadinha. Não é uma regra, mas convenhamos que isso é uma exceção em games de luta. A narrativa está ainda mais madura, sombria, e respeita muito o legado do primeiro jogo, a identidade original e o plano de fundo de cada personagem.

Em outras palavras, você verá a arrogância do Batman bem escancarada, as piadas do Arqueiro Verde, a atuação completamente fora da casinha de Arlequina – que, por sinal, segue o atual arco da DC, no qual ela reconhece o relacionamento abusivo do Coringa e o descarta da sua vida – e muito mais, sempre considerando o próprio clima que o universo de Injustiça tem (Injustiça mesmo, já que se tornou um dos multiversos oficiais da DC).

O melhor jogo de luta da NetherRealm até o momento

O combate de Injustice 2 está ainda melhor em relação aos games anteriores. De certa forma, é quase como uma mistura entre Injustice 1, Mortal Kombat X e algo completamente novo. O alicerce do primeiro jogo foi mantido e ainda há uma jogabilidade de três botões, uma habilidade especial de personagem (usado com B ou Círculo) e utilização de partes de cenário para a porradaria. A parte boa é que todos esses elementos foram refinados e têm um aspecto mais pesado e cadenciado, causando uma sensação de impacto maior.

Com 30 personagens e mais 9 que chegarão por DLC, há variedade para todos os gostos. Há heróis com jogabilidade corpo a corpo, alguns que usam projéteis como principal mecânica, outros que usam mais poderes especiais e um restante que mescla um pouco de tudo. É fácil fazer golpes especiais e se divertir com pouco, mas é desafiador entender como linkar cada combo e habilidade, compreender os tempos de frames para cada golpe e criar movimentos que incidem um dano considerável de maneira executável.

Modo online recheado de opções para se divertir

Assim como um modo história decente, um componente online que não tenha muitos problemas é algo raro de se ver no lançamento. E Injustice 2 tem isso? Por ora, parece que a conexão online é refinada, com um netcode que parece suportar bem as conexões do nosso país, mas que ainda precisa de alguns meses de testes na mão da comunidade para termos um veredito definitivo.

Em outras palavras: dá para mandar ver em lutas online sem medo de ser assombrado pelo lag – pelo menos por enquanto. Em termos de variedade contra outros jogadores, há poucos modos, do jeito que normalmente é. Você pode participar de batalhas casuais, modo ranked ou de partidas de King of the Hill.

Como alguem nunca pensou em personalização antes?

Sabe para que serve passar tanto tempo no modo online? Para ganhar recompensas. Tudo isso é coroado com o novo e fenomenal sistema de equipamentos, um dos grandes charmes de Injustice 2. Cumprir desafios diários, participar de guildas ou realizar atividades online, como o Multiverso, garantem caixas do Irmão Olho, um tipo de looting similar às caixas de Overwatch. Abrir esses compartimentos rende armaduras, joelheiras, armas e muito mais para qualquer personagem.

Fonte: Games/Tecmundo

0 Comentários

22 Mai, 2017 - 09:16

2513 Views

9.6

Como você avalia o Injustice 2?

0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Escrever Análise

Comentários